A bela da tarde de domingo

O que é ser uma “Camgirl”



O quê é ser uma “Camgirl”ʔ O quê o termo descreve em sua conceituaçãoʔ No mundo virtual, “Camgirl” são mulheres que ganham a vida por trás das webs câmeras como ouvintes, conselheiras, amigas, ou musas. Ser uma “Camgirl” é ir além, é aumentar a autoestima e o sentimento da mulher.

Vejamos como isso se processa, através de um breve relato de um amante desta arte: “Em uma bela tarde de um domingo, estava eu super entediado, sem saber o que fazer... Fui dar uma olhada no App de relacionamento ‘Badoo’ depois de papear bastante, observo que havia um ícone de vídeo. Naturalmente fui matar a curiosidade”.

E a observação do cidadão continua: “Me deparei com uma jovem oriental falando horrores. Não compreendia nada que ela falava. De repente ela começou abaixar a alça da blusa, deixando seu seio à mostra. Não acreditei no que estava assistindo, comecei a observar outras jovens”.

O termo “Camgirl” veio à tona no Brasil depois da participante Clara, do BBB de 2014, expor aos espectadores sua forma de ganhar dinheiro. Shows de exibicionismo online e desenvoltura sexual para deixar os homens de queixo caído sem precisar de contato íntimo com ninguém. É importante lembrar que as meninas que são “Camgirls”, hoje em dia, sempre deixam muito claro aos usuários que entram em suas salas de bate-papo, o contato é somente virtual.

Afinal, ser uma “Camgirl” e se utilizar da própria sensualidade para ganhar dinheiro, não se enquadra no perfil das meninas que entram para a prostituição, visto que não há contato pessoalmente.

E, continuando o relato de um fã – “Em um determinado momento, me deparo com Ela, encantadora, me conquistou no ato, os seios mais belos que eu já havia visto na vida, um corpo perfeito, se despedindo, informando que estava saindo, e indo para o @alerkitty no Instagram. Quem desejar poderá acompanhá-la, pois iria conversar com seus seguidores”.

O nome artístico desta “Camgirl” é Alerkitty, e faz lives eróticas, disponibilizando conteúdos, kits com fotos super sensuais, mostrando todo seu belo e desejado corpo em vídeos de 5 a 10 minutos, onde ela realiza quase todos os desejos e o prazer é garantido, afirma Alerkitty.

A moça que da vida à personagem tem 21 anos, reside em uma cidade do interior de Minas Gerais. Segundo ela, apenas alguns amigos próximos tem conhecimento de sua profissão. Inteligente, sensual, descontraída, focada, comprometida e bonita, além de um corpo perfeito. Esta é Alerkitty. Seu comprometimento é tanto que chega a ficar noites sem dormir, criando e buscado o melhor para deixar seus seguidores e clientes satisfeitos ao extremo.

A sensualidade não está apenas nos gestos ou nos corpos. A doçura da voz tem que funcionar como um entorpecente, fazendo com que o cliente viaje por universos múltiplos. Neste sentido, a personagem Alerkitty se exibe ao máximo, explorando o imaginário e o prazer do seu público, 90% masculino. “Performances essas de tirar o fôlego, ela mistura um pouco de tudo que esta na sua Essência, Exibicionismo, Erotismo, Sensualidade, Carisma, tudo com um ar completamente apaixonante”, relata Alerkitty.

Em alguns momentos Alerkitty, convida uma amiga para participar de suas lives, deixando a imaginação voar livre.

Quem desejar conhecer o trabalho de uma “Camgirl” é só acessar @alerkitty no Instagram, que ela dará toda informação aos senhores leitores.

Clilton Paz – Assessoria de imprensa\Cristal Comunicação
Contatos: 21 97033-6511\ 21 98199-3472.

----------------------------------------------------------------
A bela da tarde de domingo
Brasil

Fotos: Divulgação
Texto de: Clilton Paz – Assessoria de imprensa\Cristal Comunicação
Enviado por: Clilton Paz
Atualização: 28/03/2020

-----------------------------------------------------------------
dozotro.com.br | #dozotro
Facebook/dozotro
Instragram: @dozotro
Twitter: @dozotro