Pesquise em nosso conteúdo:

Portal mostra as principais cidades no Brasil e Caribe com menos probabilidade de chuva neste inverno

Búzios aparece em primeiro na lista de destinos nacionais com 39 mm de média de chuva, neste inverno


Búzios, no Rio de Janeiro, é lugar de praia e Sol durante todo o ano. Prova disso é a recente pesquisa divulgada pelo portal Viaje na Viagem que mostra as principais cidades no Brasil e Caribe com menos probabilidade de chuva neste Inverno. Búzios apareceu em primeiro na lista de destinos nacionais (e quinto na lista geral), com 39 mm de média, perdendo apenas para Los Roques, Turks & Caicos, Aruba e Curaçao. O "Praiômetro" compila as médias históricas de precipitação de chuva em milímetros e indica locais para os turistas que buscam sol mesmo no inverno.

"Búzios é uma cidade turística com mais de 23 praias para todos os gostos e que recebe turistas o ano todo. Em julho, ainda contaremos com o tradicional Festival Gastronômico, que movimentará ainda mais o balneário", comentou Thomas Weber, Presidente do Sindsol e membro titular do Conselho Fiscal da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação - FBHA.


Sobre Búzios

Armação dos Búzios é um balneário localizado na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro, que antigamente era visto apenas, como uma pequena aldeia de pescadores. A cidade ficou mundialmente conhecida depois da visita da atriz francesa Brigitte Bardot, que visitou o município nos anos 60. Hoje, Búzios é conhecida por suas belezas naturais e um dos destinos turísticos mais charmosos do país, chamada inclusive de “a Saint-Tropez brasileira”.

A península tem oito quilômetros de extensão e 23 praias, recebendo de um lado correntes marítimas do Equador e do outro, correntes marítimas do Polo Sul, o que faz com que tenha praias tanto de águas mornas quanto de águas geladas. Entre as principais praias destacam-se Geribá, Tucuns, João Fernandes, Ferradura, Ferradurinha, Armação, Manguinhos, Tartaruga, Ossos, Brava e Olho-de-Boi, esta última reservada para a prática do naturismo.

Com seus ventos fortes, Búzios é ideal para a prática de iatismo, windsurf e voo livre. É uma cidade que abriga diversas culturas, com um grande número de estrangeiros. A temperatura média anual é de 24 °C e tem o índice pluviométrico mais baixo do estado do Rio de Janeiro: cerca de 750 milímetros anuais apenas.


-----------------------------------------------------------------
Redes Sociais:
Facebook: /dozotro
Instragram: @dozotro
Twitter: @dozotro

Portal mostra as principais cidades no Brasil e Caribe com menos probabilidade de chuva neste inverno
RJ - Brasil

-----------------------------------------------------------------
dozotro@gmail.com | +55 21 980927333 | #dozotro
-----------------------------------------------------------------

Foto: Agência Measure
Texto: Marcos Oliveira
Postagem: Clinton Paz
Revisão: Clinton Paz
Atualização: Equipe dozotro 09/06/2018

Marcos Oliveira - Agência Measure/Diretor Geral

Clinton Paz - jornalista. DRT: 36598

Definida a ordem dos desfiles das agremiações da Série A para o Carnaval 2019

Charme, simpatia, elegância e muita gente bonita foram a tônica da festa realizada pela Lierj para definir a ordem das agremiações para o Carnaval de 2019


Em nome do seu presidente Renato Thor e de toda a sua diretoria, a Lierj (Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) realizou, no dia 05 de junho, o sorteio que definiu a ordem dos desfiles das agremiações da Séria A, para o Carnaval de 2019. Como muita competência a festa, realizada na Cidade do Samba, contou, por mais uma edição com o multimídia Milton Cunha - como mestre de cerimônia. Antecedendo o momento crucial da festa – que era o sorteio, o público presente contou com shows do cantor Reinaldo – “Príncipe do Pagode” e da belíssima Grazzi Brasil.

Muita gente bonita e elegante do mundo do samba, como sempre, esbanjaram sensualidade. Além de toda a diretoria da Lierj, o presidente da Liesa – senhor Jorge Castanheiras, bem como sua diretoria prestigiaram a festa, que contou ainda com as presenças dos dirigentes Anísio Abrahão David – presidente de honra do G.R.E.S. Beija Flor de Nilópolis, Ailton Guimarães Jorge – Capitão Guimarães – presidente de honra do G.R.E.S. Unidos de Vila Isabel, da diretoria da Riotur, do presidente da Unidos da Tijuca – Fernando Horta, da presidente do Império Serrano – Vera Lúcia Corrêa e de tantas outras celebridades do nosso Carnaval.

Após o show dos artistas, a cenografia do palco foi modificada, pois foi ocupada com cadeiras para comportar presidentes e diretores representantes das agremiações, da Lierj, da Liesa e da Riotur. Para dividir este momento com Milton Cunha, o senhor Ralph Guichard – diretor de comunicação da Lierj. Após os personagens principais tomarem os seus lugares, no palco, teve início o sorteio. Como de praxe, a campeã da Série B, automaticamente, inicia os desfiles, na sexta feira de Carnaval, não participando do sorteio, mas o seu presidente ou diretor representante vai a palco para participar do momento, que para o ano de 2019, é o G.R.E.S. Unidos da Ponte. 

A Unidos de Bangu por ter sido a penúltima colocada no Carnaval de 2018, abrirá os desfiles no sábado. Já, a Acadêmicos do Sossego, por ter sido a última colocada, deveria ter sido rebaixada para a Série B. Mas, pelo fato de, no Grupo Especial, por mais um Carnaval, não ter tido rebaixamento das agremiações nas últimas colocações. Dessa forma, o mesmo aconteceu na série A o que fez com que a Sossego permaneça por mais um Carnaval, nesta liga de escolas de samba. Devido a esta questão, a agremiação não entrou no sorteio por ter a sua ordem de desfile definida em plenária da Lierj.

A Unidos de Padre Miguel por ter sido a vice-campeã, no Carnaval 2018, pode escolher a posição em que gostaria de desfilar, entrando, somente, em sorteio com relação ao dia do desfile. Sendo assim, a ordem dos desfiles das agremiações pertencentes à Série A, para o ano de 2019, ficou estabelecida da seguinte forma:

Sexta Feira – 01/03/2019 – Início previsto para as 22h.
Sábado – 02/03/2019 – Início previsto para ser em 22h ou 22:30h.
1 – Unidos da Ponte
1 – Unidos de Bangu
2 – Alegria da Zona Sul
2 – Renascer de Jacarepaguá
3 – Acadêmicos da Rocinha
3 – Estácio de Sá
4 – Acadêmicos de Santa Cruz
4 – Unidos do Porto da Pedra
5 – Unidos de Padre Miguel
5 – Império da Tijuca
6 – Inocentes de Belford Roxo
6 – Acadêmicos do Cubango
7 – Acadêmicos do Sossego


Ao final, um belo show com a bateria do G.R.E.S. Unidos do Viradouro, comandada pelo mestre Ciça, escola campeã do Carnaval da Série A 2018 e que em 2019, abrirá os desfiles do Grupo Especial, no domingo de Carnaval.





-----------------------------------------------------------------
Redes Sociais:
Facebook: /dozotro
Instragram: @dozotro
Twitter: @dozotro

Definida a ordem dos desfiles das agremiações da Série A para o Carnaval 2019
Rio de Janeiro - RJ

-----------------------------------------------------------------
dozotro@gmail.com | +55 21 980927333 | #dozotro
-----------------------------------------------------------------

Foto: Paulo Roberto Nascimento
Texto: Clinton Paz
Postagem: Clinton Paz
Atualização: Equipe dozotro 09/06/2018

Clinton Paz - jornalista. DRT: 36598

Cirurgião dentista Dr. Avelino Veit é condecorado com a Medalha Tiradentes

Alcione marca presença em solenidade da Alerj


Conhecida por sua voz marcante, Alcione esteve na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), dia 28 de maio, para prestigiar a entrega da Medalha Tiradentes ao cirurgião dentista Dr. Avelino Veit pelo deputado Márcio Pacheco (PSC). A Medalha é a maior honraria concedida pelo Estado aos cidadãos que prestaram relevantes serviços à causa pública, como forma de reconhecimento pelas ações profissionais pioneiras na odontologia, reabilitação oral e trabalhos sociais realizadas com crianças de comunidades carentes da Tijuca e Rio Comprido. 


Dr. Veit possui uma carreira profissional e casuística clínica reconhecida internacionalmente, com inúmeros estudos e pesquisas muito relevantes para a reabilitação oral, sendo pioneiro no Brasil e na América Latina, com a técnica de Implante de Carga Imediata, um implante e prótese em uma mesma sessão, sem cortes, que evita cirurgias agressivas e resgata o equilíbrio entre as relações oclusais, a musculatura da face e a articulação temporomandibular, além de ganhos estéticos faciais e sorriso.


Em 2001 a cidade foi escolhida para sediar a Dr. Veit Odontologia & Saúde, que se tornou um centro de referência em sua área, recebendo pacientes de todo o mundo para tratamentos sob a Dr. Veit philosophy, que conta com protocolos personalizados de diagnóstico, planejamento e execução, unindo todas as especialidades da Odontologia de forma transdisciplinar.

Durante toda a sua trajetória profissional, ele sempre teve a preocupação com ações socioambientais, área que tem grande paixão e motivou a criação, junto com Dra Cynthia Veit, do Natal Azul, projeto que já atendeu mais de 20 mil crianças das comunidades carentes da Tijuca e Rio Comprido, ao longo de 18 anos, com promoção de saúde bucal e da cidadania, distribuição de brinquedos e o famoso papai Noel azul. Para este ano, o tema será a celebração da vida e a equipe do Dr. Veit já começou a arrecadação dos brinquedos que serão doados junto com kits de higiene oral que são suficientes para um ano de cuidados. 


Vindo de uma família com mais de um século de tradição germano-brasileira na Odontologia, Dr. Veit faz questão de colocar em prática, através de cada atendimento, os detalhes deste tão sonhado desafio de estabelecer uma revolução tecnológica para Odontologia de alta performance. 


Como inovação está em seu DNA, a Dr. Veit foi a primeira clínica da América Latina a elaborar uma linha personalizada de produtos de higiene oral, aliando tecnologia, qualidade e sustentabilidade. A Dr. Veit Produtos desenvolveu a primeira escova dental biodegradável do Brasil, a Dr. Veit Bio. Foi destaque e lançada durante a palestra do Dr. Veit no Fórum Rio+20 da ONU.

Para celebrar os 18 anos de sucesso, na Cidade Maravilhosa, foi criada a clínica conceito no Offices Shopping Leblon, a Dr. Veit Leblon, dirigida pela Dra. Cynthia Veit, a qual possui mais de 5 mil casos finalizados com sucesso e é referência em Ortodontia Digital e Invisível. Ela foi ainda a primeira profissional a receber o reconhecimento como Top Doctor Emerald no Estado do Rio de Janeiro e como Líder Educacional em Ortodontia Digital e Invisível pelo Latin American Quality Institute.

Por: Flávia Ferreira - +55 21 97502-7998

-----------------------------------------------------------------
Redes Sociais:
Facebook: /dozotro
Instragram: @dozotro
Twitter: @dozotro

Cirurgião dentista Dr. Avelino Veit é condecorado com a Medalha Tiradentes
Centro - Rio de Janeiro - RJ

-----------------------------------------------------------------
dozotro@gmail.com | +55 21 980927333 | #dozotro
-----------------------------------------------------------------

Foto: Divulgação
Texto: Flávia Ferreira 
Postagem: Clinton Paz
Revisão: Clinton Paz
Atualização: Equipe dozotro 28/05/2018

Flávia Ferreira - jornalista/assessora de imprensa.

Clinton Paz - jornalista. DRT: 36598.

Cinco exercícios funcionais para terceira idade


Atualmente, vivemos uma realidade que há muito tempo atrás não se dava o crescimento da população idosa em nosso país. Em meados dos anos 80, a população acima de 60 anos era 6,1%, mas com o avanço da expectativa de vida do brasileiro é previsto que no ano de 2025 a população idosa chegará a 12,2%. Caracterizado por várias transformações progressivas e irreversíveis em função de tempo, o processo de envelhecimento é inevitável e o profissional de Educação Física pode retardar esse processo através das técnicas de treinamento funcional.


Não podemos medir esforços na busca de um envelhecimento saudável e com qualidade de vida. Lembrando que temos o conhecimento técnico e prático para atuar com esse grupo, pois estamos enquadrados como profissional da saúde.


Pensando em melhorar a saúde e bem-estar do idoso, promovendo a independência e autonomia nas atividades do cotidiano, assim como subir escadas, pegar objetos do chão, tomar banho, vestir-se, amarrar o sapato, caminhar nas ruas com equilíbrio e segurança, montamos 5 exercícios. 


Funcionais para ajudar o dia-dia deles:

1. Agachamento com apoio
Quatro articulações estão envolvidas no movimento, tornozelo, quadril e coluna vertebral. Por isso ele é de suma importância para o idoso. O movimento consiste em sentar e levantar sem tocar ao destino desejado. Importante atentar também, que o joelho durante a execução, não pode passar as pontas dos pés.

2. Prancha na parede
Um dos exercícios mais utilizados para prevenção de lesão e proteção da coluna vertebral, o movimento trabalha diretamente com a musculatura do CORE (músculos localizados na região cintura pélvica).

O exercício consiste em ficar com os cotovelos apoiados na parede com o corpo ligeiramente inclinado. Manter na posição durante 30 segundos.

3. Equilíbrio em uma base instável
O exercício trabalha a propriocepção dos membros inferiores. Ótimo exercício para aprimorar o equilíbrio.

Procurar uma base instável (bosu, disco de equilíbrio) e manter na posição durante 20 segundos.

4. Deslocamentos laterais, frontais e de costas.
Executar caminhadas com passadas laterais, frontais e de costas.
Importante colocar pontos de referência para execução dos movimentos.

5. Afundo
Com uma perna na frente e outra atrás, você vai projetar o joelho da perna de trás em direção ao solo, antes de chegar ao chão, voltar à posição inicial. Esse exercício é ótimo para trabalhar a musculatura posterior da coxa e glúteos.

Assim é importante conscientizar que a atividade física na terceira idade é importante para rotina dos idosos, pois colabora com a saúde física e mental, agindo sobre o processo de envelhecimento, evitando muitas limitações funcionais.


Escrito por Flavio Leal, profissional de Educação Física
Por: Flávia Ferreira – jornalista/assessora de imprensa.
Contatos: +55 21 3176-0486/ 97502-7998 | www.cref1.org.br
Conselho Regional de Educação Física da 1ª Região – CREF1.
-----------------------------------------------------------------
Redes Sociais:
Facebook: /dozotro
Instragram: @dozotro
Twitter: @dozotro

Cinco exercícios funcionais para terceira idade
Rio de Janeiro - RJ

-----------------------------------------------------------------
dozotro@gmail.com | +55 21 980927333 | #dozotro
-----------------------------------------------------------------

Foto: Divulgação
Texto: Flávio Leal
Postagem: Clinton Paz
Revisão: Clinton Paz 
Atualização: Equipe dozotro 06/06/2018

Flávia Ferreira – jornalista/assessora de imprensa. Conselho Regional de Educação Física da 1ª Região - CREF1.

Clinton Paz - jornalista - DRT: 36598/RJ.

Mostra das Galés às galerias, no MNBA, reflete o papel do negro na arte

Na passagem dos 130 anos da assinatura da Lei Áurea, o Museu Nacional de Belas Artes/Ibram/MinC inaugurou, no dia 30 de maio, a exposição “Das Galés as Galerias: representações e protagonismos do negro no acervo no acervo do MNBA”


No contexto deste marco, a exposição busca proporcionar um olhar sobre as múltiplas representações do negro, bem como seus protagonismos encontrados em cerca de 80 obras do rico acervo do MNBA.

Dentre os trabalhos presentes na mostra, destacamos as telas “Redenção de Cã” (de Modesto Brocos, 1852); “Natureza-Morta” (1891, de Estevão Silva); “Colheita de flores” (1972, de Maria Auxiliador Silva); “Vista de um engenho de cana-de-açúcar” (cerca 1637/1680, de Frans Post); “O Pedinte” (1961, de Agnaldo Santos); e a escultura “Leonidas da Silva, o Diamante Negro” (1938, de Martins Ribeiro). 


A exposição “Das Galés às galerias: representações e protagonismos do negro no acervo no acervo do MNBA” explora um fio condutor, aonde múltiplas interpretações do negro e do legado afro-brasileiro vão tomando forma.

Enfocando as artes inseridas no contexto de épocas específicas, os curadores optaram por um recorte que abrange basicamente três momentos de nossa história onde as questões do negro e do nacional estão imbricadas na imaginação da brasilidade: da Colônia ao Império, o Brasil do Estado Novo e o Brasil atual, onde a brasilidade homogeneizada cede cada vez mais espaço a uma diversidade de identidades e tradições culturais caminhando para uma sociedade multicultural.

Da escravização à ideologia do branqueamento - tese racista, defendida pelas elites, de que através da imigração europeia e da mestiçagem o Brasil em 100 anos se tornaria uma nação majoritariamente branca e apta a integrar o grupo das nações civilizadas -, passando pelo mito da democracia racial, os discursos sobre raça tomaram formas diferentes. 


A exposição “Das Galés às galerias: representações e protagonismos do negro no acervo no acervo do MNBA” explora um fio condutor, aonde múltiplas interpretações do negro e do legado afro-brasileiro vão tomando forma.

Enfocando as artes inseridas no contexto de épocas específicas, os curadores optaram por um recorte que abrange basicamente três momentos de nossa história onde as questões do negro e do nacional estão imbricadas na imaginação da brasilidade: da Colônia ao Império, o Brasil do Estado Novo e o Brasil atual, onde a brasilidade homogeneizada cede cada vez mais espaço a uma diversidade de identidades e tradições culturais caminhando para uma sociedade multicultural.

Da escravização à ideologia do branqueamento - tese racista, defendida pelas elites, de que através da imigração europeia e da mestiçagem o Brasil em 100 anos se tornaria uma nação majoritariamente branca e apta a integrar o grupo das nações civilizadas -, passando pelo mito da democracia racial, os discursos sobre raça tomaram formas diferentes. 

Na contemporaneidade, estas narrativas sobre raça pautam-se pela multiculturalidade, na qual se defende a possibilidade de convivência numa mesma nação de grupos étnicos e culturais diversos.

Paralelamente à exposição, estão sendo promovidas oficinas criativas sobre o tema.



Exposição: 
Das Galés as galerias: representações e protagonismos do negro no acervo no acervo do MNBA
Período: 
30 de maio até 19 de setembro;
Visitação: 
Terça a sexta: das 10h às 18h. Sábados, domingos e feriado: das 13h às 18h;
Ingressos: 
R$ 8,00 inteira, R$ 4,00 meia e ingresso família (para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00. Grátis aos domingos;
Museu Nacional de Belas Artes/MNBA: Avenida Rio Branco, 199 – Tel: +55 21 3299-0600;

Nelson Moreira Jr - Assessoria de imprensa do MNBA: +55 21 3299-0638;

Visite o site: www.mnba.gov.br
Visite a nossa fanpage: www.facebook.com/MNBARio.

-----------------------------------------------------------------
Redes Sociais:
Facebook: /dozotro
Instragram: @dozotro
Twitter: @dozotro

Mostra das Galés às galerias, no MNBA, reflete o papel do negro na arte
Centro - Rio de Janeiro - RJ

-----------------------------------------------------------------
dozotro@gmail.com | +55 21 980927333 | #dozotro
-----------------------------------------------------------------

Foto: Divulgação
Postagem: Clinton Paz
Atualização: Equipe dozotro 06/06/2018

Revisão de texto: Clinton Paz - jornalista revista People Connected. DRT: 36598/RJ.

A comédia musical “Favela 2 - a gente não desiste” inicia temporada

15 de Junho terá início a temporada de estreia da comédia musical no Teatro João Caetano


No dia 15 de Junho terá início a temporada de estreia da comédia musical FAVELA 2 – A GENTE NÃO DESISTE no Teatro João Caetano, na Praça Tiradentes, em cartaz de sexta a domingo até o dia 29 de julho. Com texto de Rômulo Rodrigues e direção de Marcio Vieira, o espetáculo conta com músicas inéditas de Xande de Pilares, feitas especialmente para o espetáculo, e direção musical de Marcio Eduardo Melo. O grande elenco reúne nomes como Vilma Melo, ganhadora do Prêmio Shell de Melhor atriz em 2017; Thiago Justino, da novela Rock Story; Hugo Moura e Dja Martins, da Novela Segundo Sol, além de Dério Chagas, Sarito Rodrigues, Renata Tavares, Tito Sant’anna, Cinthia Andrade, Kenya Costta, Leandro Santanna, Paula Pardon, Dilene Prado, Ana Paula Guevedo, Natalio Maria, Helena Giffonni, Jeferson Melo, Daniel Almeida, Henrique Sathler, Walace Fortunato, Julio Nunes, Gisele Castro, Claudia Leopoldo, Vinicius Rodrigues e Hugo Carvalho.

O espetáculo é a continuação das histórias do espetáculo FAVELA, um grande sucesso que completou 5 anos de estreia no ano de 2017 e que levou cerca de 80 mil pessoas ao teatro, reunindo fãs que o acompanha por todas as suas temporadas. Uma prática muito comum em filmes e pouco usada no teatro, o espetáculo FAVELA 2 - A GENTE NÃO DESISTE vai mostrar histórias inéditas das personagens que já divertiram e emocionaram o público em várias temporadas no Favela 1.


Devido ao grande sucesso e, principalmente, ao momento difícil pelo qual todos os moradores de Favela vêm passando, surgiu a ideia de fazer a continuação do espetáculo. Os mesmos personagens com novas histórias. Assim nasceu o FAVELA 2 - A GENTE NÃO DESISTE. O humor continua presente durante toda a peça, mas tudo se encaminhando para um pedido de atenção e cuidado com os moradores das favelas. Em cena, teremos personagens cômicos e dramáticos que falam de temas muito atuais como empoderamento feminino, corrupção, violência nas favelas, o mau uso da internet, entre outros assuntos bem atuais. As últimas falas do espetáculo resumem um pouco o alerta que o espetáculo pretende fazer:

“É morador! ... É morador … É preto … É pobre … É favelado … Não é bandido … É morador! ... É morador … É preto … É pobre … É favelado … É gente do bem ... É gente do bem ...”

SERVIÇO:
FAVELA 2 - A GENTE NÃO DESISTE
Teatro João Caetano
Sexta e sábado, às 19h30 e domingo, às 18h
De 15 de junho a 29 de julho
Ingresso - R$40,00 (inteira) R$20,00 (meia)
Classificação – 14 anos

PÚBLICO ALVO:
Jovens e adultos a partir de 14 anos, ambos de todas as classes sociais.

FICHA TÉCNICA:
Texto: RÔMULO RODRIGUES
Direção e idealização: MÁRCIO VIEIRA
Elenco:
Seu Euzébio – Thiago Justino
Dona Vilma – Vilma Melo e Sarito Rodrigues
Juvenal – Dério Chagas
Suelen – Renata Tavares
Murilo – Hugo Moura
Jeomar – Tito Sant’anna
Elisa – Cinthia Andrade
Dona Jurema – Dja Martins e Kenya Costta
Osmar – Leandro Santanna
Meire – Paula Pardon
Valdira – Dilene Prado
Menina Marilyn “Mou” – Ana Paula Guevedo
Pastor Pereira – Natalio Maria
Dona Antônia – Helena Giffonni
Fiel Kadu – Jeferson Melo e Daniel Almeida
Ex-policial Celsão – Henrique Sathler
Bandido “Sinistro” – Walace Fortunato
Bandido “D’onde” – Julio Nunes
Moça Jane – Gisele Castro
Moça Sara – Claudia Leopoldo
B Boy – Vinicius Rodrigues
Stand- in Murilo - Hugo Carvalho
Stand- in Seu Eusébio – Jorge Jeronymo

Músicos:
Caio Martins
Leandro Lopes
Jorge China
Patrick Angello

Direção Musical:
MÁRCIO EDUARDO MELO

Músicas inéditas:
XANDE DE PILARES
THIAGO TOMÉ
JEFFERSON SOUZA (JEFF SS).

Vitor Minateli - contato: +55 24 99911-3062.

-----------------------------------------------------------------
Redes Sociais:
Facebook: /dozotro
Instragram: @dozotro
Twitter: @dozotro

A comédia musical “Favela 2 - a gente não desiste” inicia temporada 
Rio de Janeiro - RJ

-----------------------------------------------------------------
dozotro@gmail.com | +55 21 980927333 | #dozotro
-----------------------------------------------------------------

Foto: Divulgação
Texto: Vitor Minateli
Postagem: Clinton Paz
Revisão: Clinton Paz
Atualização: Equipe dozotro
06/06/2018

Vitor Minateli - Assessoria de Imprensa / Produção Executiva / Produção Cultural.

Clinton Paz – jornalista. DRT: 36598/RJ.

10 minutos de exercício já reflete na felicidade


Pequenas quantidades de exercício podem ter um efeito desproporcional na felicidade. Isso foi o que comprovou um estudo divulgado pelo New York Times sobre um grupo de pesquisadores da Universidade de Michigan, no The Journal of Happiness Studies, após a revisão de estudos sobre bom humor e atividade física. De acordo com os estudiosos, pessoas que malham uma vez por semana ou por apenas 10 minutos por dia tendem a ser mais alegres do que aquelas que nunca se exercitam. E qualquer tipo de exercício pode ser útil.

A ideia de que a mudança pode afetar nosso humor não é nova. Muitos de nós, provavelmente, diriam que nos sentimos menos irritados ou mais relaxados depois de uma corrida ou visita à academia. Diversos estudos anteriores, como o publicado em abril deste ano no The American Journal of Psychiatry, observaram que pessoas fisicamente ativas têm riscos muito menores de desenvolver depressão e ansiedade do que pessoas que raramente se movimentam.
Nesse review, os pesquisadores da Universidade de Michigan começaram vasculhando bancos de dados de pesquisa para estudos relevantes e encontraram 23 publicações desde 1980. A maioria deles era de observação, o que significa que os cientistas simplesmente olhavam para um grupo de pessoas, perguntando-lhes quanto trabalhavam e como estavam felizes. Alguns dos estudos foram experimentos em que as pessoas começaram a se exercitar e os pesquisadores mediram sua felicidade antes e depois.

O número de participantes em qualquer estudo foi muitas vezes pequeno, mas juntos representavam mais de 500 mil pessoas com idades variadas, de adolescentes a pessoas muito idosas, e cobrindo uma ampla gama de grupos étnicos e socioeconômicos. E para a maioria deles, constataram os pesquisadores de Michigan, o exercício estava fortemente ligado à felicidade. O tipo de exercício não parecia importar. Algumas pessoas felizes caminharam ou correram. Outros praticavam atividades de relaxamento e alongamento.


O Prof. André Fernandes, presidente do Conselho Regional de Educação Física (CREF1), explica que a conclusão do estudo se deve ao envolvimento de duas substâncias químicas: o cortisol e as endorfinas. O cortisol é um hormônio que quando produzido pelo corpo em excesso, como em situação de estresse, raiva, ansiedade e medo, provoca efeitos nocivos como diminuição da produção de testosterona, ação lenta da utilização da insulina, que atrapalha no transporte da glicose para as células musculares, evitando assim a reserva de glicogênio muscular. “Nessas situações, o exercício físico ajuda a diminuir os níveis de cortisol”, disse.

Os praticantes de atividades físicas podem desfrutar ainda dos efeitos positivos das endorfinas, hormônio que controla a reação do corpo à tensão, regulando as algumas funções do sistema nervoso autônomo como as contrações da parede intestinal e determinando o humor. Por ser um "analgésico natural" leva a uma sensação de bem-estar e tranquilidade podendo inibir o estresse.


O exercício físico também induz a liberação de outras substâncias no cérebro, chamadas de neurotransmissores, como a serotonina e a dopamina, auxiliando na redução do estresse e ansiedade. “O exercício pode ser tão efetivo quanto os antidepressivos no tratamento da depressão. O exercício aeróbico regular por 30 minutos, praticado pelo menos três vezes por semana, pode ajudar pessoas com depressão moderada, que relatam melhora no humor. Mesmo curtos períodos de exercício, como uma breve caminhada, também podem desencadear um efeito positivo imediato”, explicou o presidente do Conselho.

Para a psicóloga Claudia Pimentel, a sensação de felicidade provocada pela prática de exercícios físicos gera otimismo, o qual está fortemente associado também à saúde cardiovascular, além de funcionar para tornar as pessoas menos vulneráveis as doenças de modo geral. “Do ponto de vista orgânico e psicológico, só encontramos benefícios para a saúde na atividade física. O importante é cada pessoa encontrar a atividade que lhe dá prazer e que é adequada a seus limites”.


A especialista afirma que as pessoas que praticam exercícios físicos são consideradas mais felizes e satisfeitas com a vida por conta das emoções geradas por essa prática. “Martin Seligman, o pai da Psicologia Positiva, vem destacando ser fundamental vivenciar emoções positivas, o que produz bem-estar interno e ânimo positivo, em doses frequentes e menores, do que em concentradas dosagens advindas de grandes acontecimentos, porém raras”.

De acordo com Pimentel, estudos de longo prazo sugerem ainda, que a prática de atividade física previne o declínio das capacidades mentais e protege contra ansiedade e depressão. “Como felicidade é um bem-estar amplo e interno, e a atividade física comprovadamente é forte aliada, busquemos a saúde integral, que é muito mais que ausência de doença”.

É importante que toda a prática seja orientada por um profissional de Educação Física, devidamente registrado no seu CREF, uma vez que ele vai garantir o alcance dos resultados de forma segura.

Com informações do New York Times. Tradução livre.

Por: Flávia Ferreira: +55 21 3176-0486 / 97502-7998 | www.cref1.org.br

-----------------------------------------------------------------
Redes Sociais:
Facebook: /dozotro
Instragram: @dozotro
Twitter: @dozotro

10 minutos de exercício já reflete na felicidade
Rio de Janeiro - RJ

-----------------------------------------------------------------
dozotro@gmail.com | +55 21 980927333 | #dozotro
-----------------------------------------------------------------

Foto: Divulgação
Texto: Flávia Ferreira
Postagem: Clinton Paz
Revisão: Clinton Paz
Atualização: Equipe dozotro 06/06/2018

Flávia Ferreira - Jornalista/Assessora de Imprensa - Conselho Regional de Educação Física da 1ª Região – CREF 1

Clinton Paz – jornalista da revista People Connected no Brasil. DRT: 36598/RJ